A Cisco superou os principais concorrentes e se tornou líder em cibersegurança no mundo. De acordo com um levantamento da consultoria especializada Canalys, a fatia de mercado da empresa cresceu 22,5% no período de um ano. Isso a põe à frente de nomes como Palo Alto Networks, Check Point, Fortinet e IBM.

Investimento em cibersegurança deve crescer em 2020

A explicação para tamanho sucesso tem a ver com uma mudança de estratégia. As companhias que oferecem soluções em segurança digital vêm solidificando outros modelos de desenvolvimento. Isso significa, por exemplo, investir mais em novas fontes de receita, como os serviços por assinatura. As transações entre marketplaces na nuvem também ficaram mais comuns.

Tanto Cisco quanto Palo Alto Networks, Barracuda e Check Point aparecem no topo da lista de empresas de cybersecurity no principal marketplace do gênero, AWS Marketplace. Esses fabricantes vendem suas soluções virtuais num ritmo contínuo. Trata-se de uma pequena porção de toda a renda gerada, mas que representa uma área de negócios promissora.

Isso porque a pesquisa da Canalys mostrou, ainda, que 2018 foi um ano espetacular para o setor de segurança digital. O investimento global atingiu incríveis 37 bilhões de dólares, o que representa um crescimento de 9% em relação aos números do ano anterior.

Ainda assim, a cibersegurança corresponde a apenas 2% de tudo que foi investido em TI no ano passado. Ou seja: mesmo que as organizações se preocupem com a proteção de sistemas e de dados, ainda há muito o que avançar nas estratégias digitais mundo afora.

Na opinião da Canalys, o investimento em segurança de TI deve subir nos próximos anos, uma vez que os ciberataques estão ficando mais sofisticados. Esse fenômeno exige a adoção de novos produtos, o que acaba sendo uma oportunidade de crescimento para fabricantes como a Cisco. A análise prevê que, mundialmente, o orçamento destinado à proteção dos sistemas ultrapasse a marca de 42 bilhões de dólares em 2020.

Cisco e a cibersegurança na nuvem

A transição para modelos de cibersegurança mais inteligentes deve, mesmo, se dar em breve. Inclusive, isso já está acontecendo, conforme indicam os analistas responsáveis pelo estudo. O público está mudando de comportamento, aderindo à nuvem pública sem tanta desconfiança quanto no passado.

Junto a isso, os consumidores têm experimentado modelos mais flexíveis de contratação de serviços baseada na assinatura on-line. A pesquisa revelou que 82% do mercado ainda utilizam as soluções tradicionais de cibersegurança, com estruturas próprias de hardware e software. O restante prefere as aplicações virtuais (cybersecurity as a service). Contudo, a previsão é que os modelos tradicionais caiam para 70% em 2020.

À medida que novas soluções se tornam populares, os fornecedores têm que diversificar seu modelo de negócio. Pelo que se pôde perceber, nomes como a Cisco estão no caminho certo.

Quer saber quais são os produtos mais indicados para a sua empresa? Então entre em contato com a NetFive. Nossa equipe trabalha com as marcas mais respeitadas do ramo de TI e pode ajudar você a reforçar a segurança de suas operações.

FECHAR [X]

Quer entender como serviços gerenciados poderão impactar em sua empresa?

Você também pode ligar para nós e conversar com um consultor

51 3061-4446

X

NOVO E-BOOK IMPACTO
DA TI

NO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DAS EMPRESAS

Esse ebook ajudará a entender o real impacto da TI no planejamento estratégico da sua empresa!